Nota18.11

 

A TV analógica já faz parte do passado da população de Brasília e outros nove municípios do entorno do Distrito Federal e Goiás. A partir da meia-noite desta sexta-feira (18), 13 geradoras e 12 retransmissoras de TV locais deram início à era digital. Por 30 dias, elas transmitem uma cartela fixa com mensagem de alerta sobre o desligamento e informação sobre como sintonizar o canal digital.

A portaria que autoriza o fim das transmissões analógicas foi assinada pelo ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab, em cerimônia na sede da Anatel, que reuniu o presidente do Fórum SBTVD, Roberto Franco; a secretária de Comunicação do MCTIC, Vanda Bonna; o secretário de Telecomunicações, André Borges; o presidente da ABERT, Paulo Tonet Camargo; o presidente da Anatel, Juarez Quadros; e o presidente da AVEC, Flávio Lara Resende.

De acordo com Kassab, a experiência de Brasília será o grande teste para o restante do País. “Depois de semanas de muita tensão por conta da expectativa desse dia, hoje podemos dizer que o Brasil passa a contar com um projeto piloto devido à dimensão do Distrito Federal. Aqui foram encontradas diferentes situações que serão essenciais para o desligamento em São Paulo”.

Na capital do País e todo entorno, cerca de quatro milhões de pessoas passam a ter acesso, gratuitamente, à imagem e som em alta definição. As demais cidades da região central que vão ter o sinal analógico desligado são: Águas Lindas de Goiás, Cidade Ocidental, Cristalina, Formosa, Luziânia, Novo Gama, Planaltina, Santo Antônio do Descoberto e Valparaíso de Goiás.

O próximo local a ter o sinal analógico desligado será São Paulo, em março de 2017. A primeira parte do desligamento no estado atingirá, somando a capital, 39 municípios.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota17.11

 

A partir desta quinta-feira (17), o sinal analógico na TV aberta, oficialmente, deixará de fazer parte do cotidiano de milhões de moradores de Brasília e outros nove municípios no entorno do Distrito Federal e Goiás. Uma nova pesquisa de aferição coordenada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) apontou que o índice mínimo de 90% (considerando a margem de erro de três pontos) das residências aptas a receber o sinal digital na região foi alcançado.

Entidade responsável por iniciar as tratativas de implementação do sinal digital e conduzi-las junto ao Governo Federal, o Fórum SBTVD comemora a concretização de um trabalho iniciado há mais de uma década. “Essa transição carrega uma importância muito grande para nós, que no dia 2 de dezembro de 2007 realizamos a primeira transmissão digital oficial. Pouco menos de dez anos depois, estamos aqui presenciando a realização de um sonho e vislumbrando as possibilidades que esse avanço tecnológico pode proporcionar para o crescimento do nosso País”, celebra o presidente, Roberto Franco, que faz questão de ressaltar: “Esta data, com certeza, ficará marcada na história”.

Na capital do País e todo entorno, cerca de quatro milhões de pessoas passam a ter acesso, gratuitamente, à imagem e som em alta definição. Para Roberto Franco, apesar de Rio Verde/GO ter sido a primeira cidade brasileira a interromper definitivamente o sinal analógico, em março deste ano, Brasília é quem credencia o Brasil a ingressar na era digital. “Pela grandiosidade e representatividade, Brasília, sem dúvida alguma, deve ser considerada nosso primeiro grande passo”.

As demais cidades da região central que vão ter o sinal analógico desligado são: Águas Lindas de Goiás, Cidade Ocidental, Cristalina, Formosa, Luziânia, Novo Gama, Planaltina, Santo Antônio do Descoberto e Valparaíso de Goiás.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota16.11

 

Foi aberta para Consulta Nacional ABNT, no dia 8 de novembro, o Projeto de Emenda das normas ABNT 15606-1 e ABNT 15604, referente à obrigatoriedade do JAVA no middleware Ginga.

A consulta está disponível para votação no portal da Associação até o dia 7 de dezembro deste ano. Clique aqui para conferir os documentos.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota09.11

 

Profissionais responsáveis pelas áreas de comunicação e marketing de emissoras de TV; empresas de recepção, software e transmissão; instituições de ensino; e entidades parceiras associadas ao Fórum SBTVD se reuniram na manhã da última quarta-feira (9), no Estanplaza Hotel, em São Paulo/SP, para participarem do 1º Encontro de Comunicação.

O evento promovido pelo Módulo de Promoção apresentou todas as ações desenvolvidas nos últimos meses pela entidade e as novas ferramentas de comunicação à disposição da promoção do mercado de TV digital aberta no País, que tem ganhado cada vez mais notoriedade entre os consumidores por conta da transição gradativa – e definitiva – do sinal analógico para o digital nos televisores.

Na ocasião, em meio ao discurso de boas-vindas, o presidente do Fórum SBTVD, Roberto Franco, traçou o cenário atual do mercado e enfatizou a importância de aproximar e alinhar a comunicação dos diversos setores que compõem a entidade. “Vivemos um período de grandes desafios para o setor, no qual temos a obrigação de instruir corretamente a população sobre os benefícios que a chegada do sinal digital oferece. Por isso, é importante que somemos nossos esforços e, todos, direcionemos a comunicação para uma mesma direção”.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota08.11

 

No final de outubro foi inaugurada oficialmente a torre de TV para transmissão do sinal digital da Novo Tempo, no Morro do Colorado, em Sobradinho. Desde o dia 23, o canal 48 passou a ser transmitido digitalmente para todo o Distrito Federal como 48.1.

O sinal analógico da TV Novo Tempo não será desligado enquanto não houver a total transição das emissoras na região, reagendada para o dia 17 de novembro. Segundo a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), pelo menos 80 mil famílias ainda não estão preparadas para o recebimento do novo sinal.

“Como uma igreja que buscar honrar as leis e regulamentos do País, estamos com a TV funcionando na data certa”, se alegra o pastor Charlles Britis, presidente da Igreja Adventista do Sétimo Dia no Distrito Federal e entorno.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota04.11 2

 

Famílias do Distrito Federal que são beneficiadas pelos programas sociais do Governo Federal podem receber kits gratuitos para a captação do sinal de TV digital neste fim de semana. Os equipamentos serão distribuídos no Feirão Digital, no Senai de Taguatinga Norte, na Área Especial 2, a partir das 9h deste sábado (dia 5) e domingo (6).

Para ter direito ao kit, é preciso apresentar o número do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) – numeração que aparece no cartão do Bolsa Família ou no Cartão do Cidadão, por exemplo. A instalação também é gratuita, feita por técnicos que vão às residências em horário agendado.

Os kits são compostos por um conversor, uma antena e um controle remoto. Com esses itens, qualquer televisão pode ser adaptada e receber o sinal digital, que oferece imagem e som superiores ao do analógico.

Nas próximas semanas, os canais analógicos serão desligados, e quem não fizer a adaptação pode ficar sem sinal de TV aberta. Os aparelhos de TV mais modernos, comprados a partir de 2010, possivelmente já estão adaptados à tecnologia digital – neste caso, é preciso instalar apenas a antena UHF.

O evento também conta com profissionais para esclarecimento de dúvidas da população e espaço de recreação infantil.

 

Feirão Digital em Taguatinga Norte

Data: sábado (5) e domingo (6)

Horário: a partir das 9h00

Entrada gratuita e kits gratuitos para inscritos no Cadastro Único

 

Confira a lista de programas sociais que dão direito à retirada do kit:

- Programa Bolsa Família

- Programa Minha Casa, Minha Vida

- Bolsa Verde – Programa de Apoio à Conservação Ambiental

- Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI

- Fomento – Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais

- Carteira do Idoso

- Aposentadoria para pessoa de baixa renda

- Programa Brasil Carinhoso

- Programa de Cisternas

- Telefone Popular

- Carta Social

- Pro Jovem Adolescente

- Tarifa Social de Energia Elétrica

- Passe Livre para pessoas com deficiência

- Isenção de Taxas em Concursos Públicos

Publicado em NOTÍCIAS

Nota04.11

 

A Anatel realizou no dia 1º de novembro uma audiência pública sobre revisão das faixas de frequências destinadas ao Serviço de Radiodifusão. Há uma necessidade de mudança devido ao aumento de transmissões ao vivo e migração dos estúdios para as ruas, enquanto outros grandes eventos, como Carnaval e jogos de futebol, requerem mais espectro por conta da transmissão em HD. Para atender a demanda, estão sendo revisadas 20 faixas de frequência, sendo a principal e mais utilizada a 2300 – 2500 MHz. 

A proposta busca solucionar problemas de interferência de reportagens externas, liberar espectro para o serviço móvel e pretende harmonizar e compatibilizar a regulamentação do setor. De acordo com a proposta, a Resolução nº 240/2000 seria revogada, mas em prazo de transição de dois anos para que as empresas se adaptem.

A Rede Globo parabenizou a Agência pela revisão do regulamento, e destacou que há muitos pedidos de uso temporário do espectro para eventos como Fórmula 1, Carnaval e futebol. Já a Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel) explicou que esta é uma necessidade antiga da radiodifusão, e que não atende plenamente as demandas do setor.

Publicado em NOTÍCIAS
Página 8 de 15