Nota22.06

 

O sinal analógico de TV em Goiânia e outros 28 municípios do estado de Goiás foi oficialmente desligado às 23h59 de ontem (21). A decisão foi tomada pelo Grupo de Implantação do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (Gired), após verificar que 92% dos domicílios da região já contam com sinal digital.

A pesquisa sobre a abrangência do sinal foi feita entre os dias 4 e 15 deste mês pelo Ibope Inteligência. A legislação determina que o percentual mínimo de desligamento do sinal é de 90%, considerando margem de erro de três pontos percentuais para cima ou para baixo.

Inicialmente, a chegada definitiva do sinal digital em Goiânia e municípios do entorno estava prevista para o dia 31 de maio. Porém, precisou ser adiada por não atingir a marca de 90% de digitalização na região.

Segundo a pesquisa, após o fim do sinal analógico, apenas 5% dos domicílios ficarão sem a TV digital na capital e 6% nas demais cidades. Goiânia conta com 505.504 domicílios, enquanto os municípios do entorno somam 465.767 residências.

Os beneficiários do Bolsa Família e de programas sociais do Governo Federal têm direito a receber gratuitamente o kit digital (composto por uma antena, um conversor e um controle remoto), podendo retirá-lo em um prazo de até 45 dias após o desligamento.

 

Cronograma

A cidade de Rio Verde, também em Goiás, foi a primeira em que o sinal analógico foi desligado, em março de 2016, servindo de projeto piloto para a implantação do sistema. Em novembro, foi a vez de Brasília, seguida por São Paulo, em março deste ano. Pelo calendário, o próximo desligamento está marcado para o dia 26 de julho, em Recife e outros 14 municípios.

Até o final deste ano, o sinal analógico de TV também será desligado em outras capitais importantes do País, como Fortaleza/CE, Salvador/BA, Rio de Janeiro/RJ, Vitória/ES e Belo Horizonte/MG.

O interior de São Paulo – regiões de Campinas, Franca, Ribeirão Preto, Santos e Vale do Paraíba – também está no cronograma de 2017, com o desligamento do sinal previsto para o dia 29 de novembro.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota20.06

 

A Prefeitura de Jaguariúna/SP, por meio da Secretaria de Assistência Social, fechou uma parceria com a Seja Digital para que as famílias inscritas no Cadastro Único do Governo Federal sejam beneficiadas gratuitamente com o kit digital de TV, já que em 29 de novembro deste ano o sinal analógico será desligado no município.

“O sinal digital não vai funcionar em aparelhos de televisão de tubo e em TVs de tela plana fabricadas até o ano de 2010. O público alvo são as 3.800 famílias inscritas no Cadastro Único, que vão receber o kit de graça”, explica a secretária de Assistência Social, Andrea Dias Lizun. O kit é composto por uma antena, um conversor digital e um controle remoto.

O desligamento do sinal analógico e substituição pelo sinal digital de TV segue uma agenda pelo Brasil e até 2018 a meta do Governo Federal é que 1.326 cidades e cerca de 128 milhões de pessoas, o equivalente a 62% da população brasileira, tenham migrado para o sinal digital.

Segundo o prefeito de Jaguariúna, Gustavo Reis, a distribuição dos kits vai acontecer de maneira organizada e será divulgada por meio dos veículos de comunicação da cidade. “O objetivo da distribuição gratuita é que as famílias não deixem de ter televisão em casa e tenham acesso ao que há de melhor em imagem e som”.

Para receber os kits, as famílias inscritas no Cadastro Único precisam se cadastrar no site www.sejadigital.com.br ou ligar (de graça) para o telefone 147. É necessário informar o CPF, o PIS ou o NIS – número de identificação social atribuído pela Caixa Econômica Federal (CEF) às pessoas que serão beneficiadas por algum projeto social e que ainda não tenham cadastro no PIS.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota14.06

 

Com a contagem regressiva para o encerramento do sinal analógico em Belém e outras onze cidades do estado do Pará, a procura por televisores com sinal digital e pelo conversor digital vem aumentando na capital.

Segundo a gerência de uma loja da cidade, as vendas de televisores com sinal digital cresceram cerca de 10% se comparado ao mesmo período do ano passado.

“Qual é a grande vantagem da nova tecnologia? É a qualidade da imagem. E existem duas formas de ter esse sinal. Se eu tenho uma TV antiga, posso comprar um conversor e receber o sinal através deste conversor e transmitir para a minha televisão de tubo. As TVs modernas já têm o conversor embutido, que recebe o sinal digital automaticamente”, explica o engenheiro de telecomunicações, Izaías Lins.

O sinal digital já está disponível em Belém, região metropolitana e na maioria das cidades que estão em fase de desligamento do sinal analógico – o que irá acontecer, definitivamente, em 2018. Com a mudança, a imagem e o som do televisor terão mais qualidade e não sofrerão interferências.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota13.06

 

A RedeTV! e a Record News tiveram suas transmissões digitais ativadas na semana passada, na cidade de Salvador. Testes realizados confirmaram que os sinais estão em pleno funcionamento, inclusive, nos bairros mais distantes do centro da cidade.

A RedeTV! pode ser sintonizada pelo canal 22.1. Já a emissora de notícias pertencente à RecordTV está disponível pelo canal 31.1. A novidade era bastante aguardada pelos telespectadores da capital baiana, já que o sinal UHF de ambos os veículos era de péssima qualidade.

Para se ter uma ideia, em toda sua existência, a RedeTV! nunca conseguiu afiliada na Bahia. Em 1997, dois anos depois da perda da TV Aratu (hoje afiliada do SBT), a Manchete entrou no ar através do canal 18 UHF até sua extinção – quando passou a transmitir a emissora até o ano de 2009.

Nos últimos anos, a RedeTV! voltou a ser exibida na capital baiana pelo canal 59 UHF. Entretanto, o sinal era de apenas 1 kW de potência, considerado extremamente fraco. Quase ninguém conseguia sintonizá-la.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota12.06

 

Os apaixonados pela história da televisão podem conhecer a Vila Digital, exposição montada no Centro Cultural dos Correios (Avenida Marquês de Olinda, 262), no Recife Antigo, que traça uma linha do tempo sobre a história da TV brasileira até a mudança do sinal analógico para o digital.

Aparelhos antigos e imagens que marcaram época dos anos 50 até hoje fazem parte da exposição. Logo na entrada, o piso simula um grande televisor e interage a cada movimento dos pés dos visitantes. Durante o passeio, as pessoas ainda podem, literalmente, entrar em um aparelho televisivo para saber como funciona a alta definição e também interagir com apresentadores de TV.

A Vila Digital chega para marcar o início do processo de desligamento da TV analógica na capital e cidades da região metropolitana de Recife, agendada para o dia 26 de julho deste ano. A exposição permanece aberta até o dia 9 de julho e funciona todos os dias, das 11h às 17h.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota07.06

 

No dia 27 de setembro deste ano, o sinal analógico será desligado definitivamente em Salvador e região metropolitana, transformando a transmissão televisiva em 100% digital, com imagem em alta definição, sem ruídos, chuviscos e o melho: de graça.

A RecordTV Itapoan, preocupada em levar uma informação correta para seus telespectadores sobre como se preparar para a mudança na transmissão, continua a realizar a ação itinerante nos principais shoppings da capital baiana.

Desde a última terça-feira (06), a emissora está com um stand no Shopping Barra, no piso L3 Norte, em frente à Renner, demonstrando na prática como instalar e obter o melhor do sinal digital em diferentes aparelhos de televisão.

A ação conta com o apoio de uma equipe técnica que permanece durante todo o dia, das 9h às 22h, esclarecendo as dúvidas e orientando sobre os processos na hora da instalação.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota01.06

 

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Gilberto Kassab, disse nesta quarta-feira (31) que o desligamento do sinal analógico de TV em Goiânia será fundamental para melhorar a qualidade da internet móvel na região. Kassab participou de uma solenidade que marcou o início do processo de implantação do sistema de TV digital da capital goiana e outros 28 municípios do estado.

O desligamento da TV analógica vai liberar a faixa de frequência de 700 megahertz (MHz), atualmente usado pelas emissoras de televisão, para a oferta de 4G pelas operadoras de telefonia. “Com a liberação da faixa, a oferta dos serviços de telecomunicações será de mais qualidade para os cidadãos e também para os serviços públicos”, disse o ministro.

A faixa de 700 MHz tem alcance maior do que a frequência em que o serviço 4G é oferecido atualmente pelas operadoras na maior parte do país. A transição do sistema analógico de TV para o sinal digital em Goiás deve ser concluída até o dia 21 de junho. Uma nova pesquisa do Ibope, para verificar o índice de recepção do sinal digital nas residências, deve ser realizada em 14 de junho.

 

Migração de rádios

Durante o evento, também foi realizado um mutirão de migração de 15 rádios AM para a faixa de FM. Kassab assinou os contratos que permitem a mudança de faixa de 13 emissoras goianas e duas do Tocantins.

Além da melhoria do sinal, ao migrar a operação para a faixa FM, as rádios também podem ser sintonizadas em dispositivos móveis, como tablets e smartphones.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota31.05

 

O processo de desligamento analógico dos canais de TV aberta em Goiânia e outras 28 cidades do estado de Goiás começa hoje (31) e permanece aberto até 21 junho. O anúncio da extensão do prazo foi feito pelo presidente do Grupo de Implantação do Processo de Distribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (Gired) e da Anatel, Juarez Quadros.

Assim, as emissoras de TV aberta podem, dentro deste prazo, decidir o melhor momento para o término de suas transmissões analógicas. Segundo Quadros, a decisão de flexibilizar o prazo foi motivada por não ter sido atingida a marca de 90% de digitalização, necessária para o término do sinal analógico, no 1,3 milhão de domicílios envolvidos. A digitalização, de acordo com pesquisa Ibope realizada durante a semana do dia 20 de maio, atingiu 88% dos domicílios.

Uma nova pesquisa Ibope deve ser realizada no dia 14 de junho para identificar o novo nível de digitalização da região. Segundo o presidente do Gired, “a nova pesquisa certamente vai comprovar que os 90% estarão atendidos”. Para Quadros, a manutenção do término das transmissões de TV aberta analógica prestigia o telespectador goiano que acreditou na TV digital e investiu para ter a recepção adequada.

Sobre os kits de TV Digital distribuídos gratuitamente às famílias cadastradas nos programas sociais do Governo Federal, o diretor da EAD (Entidade Administradora da Digitalização), Antônio Carlos Martelleto, informou que já foram entregues mais de 330 mil unidades na região, uma média de 30 mil kits por semana.

As demais cidades atingidas são: Abadia de Goiás, Abadiânia, Alexânia, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Bela Vista de Goiás, Bonfinópolis, Brazabrantes, Caldazinha, Campo Limpo de Goiás, Caturaí, Goianápolis, Goiânia, Goianira, Guapó, Hidrolândia, Inhumas, Itauçu, Leopoldo de Bulhões, Nerópolis, Nova Veneza, Ouro Verde de Goiás, Pirenópolis, Santa Bárbara de Goiás, Santo Antônio de Goiás, Senador Canedo, Terezópolis de Goiás e Trindade.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota30.05 2

 

No dia 29 de maio, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) publicou a Portaria 2.992/17, por meio da qual é oficializado o adiamento do desligamento dos sinais analógicos de televisão em 213 municípios dos estados da Bahia, Ceará, Minas Gerais e São Paulo.

         De acordo com o novo cronograma, os desligamentos no Ceará (24 municípios) e na Bahia (20 municípios) foram reagendados para 27 de setembro. Em Minas Gerais (39 municípios) foi redefinido para 8 de novembro. Já no estado de São Paulo (130 municípios), a implementação do sinal digital foi adiada para 29 de novembro.

O documento também consolida nesta nova Portaria o conteúdo das outras quatro que a precederam, que reafirmam o critério de 93% de domicílios aptos a receber os sinais digitais para permitir o desligamento analógico. Também foram incluídas as normas relacionadas à publicidade sobre o desligamento.

Como previsto, ainda foi mantido o processo de desligamento dos sinais analógicos em Goiânia e região (29 municípios) para amanhã (31). O passo seguinte será Recife e região (14 municípios), em 26 de julho.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota30.05

 

Goiânia e mais 28 cidades do estado de Goiás vão ter o sinal analógico de televisão desligado nesta quarta-feira (31). Para não ficar sem assistir à programação, quem ainda não recebe o sinal digital precisa adquirir uma televisão com conversor digital integrado ou um equipamento externo.

O sinal digital representa maior qualidade de imagem e som, e não sofre interferências, ao contrário do analógico. A implementação da nova tecnologia ainda vai elevar a experiência das pessoas com a televisão, por meio de guias de programação e ferramentas de interatividade.

Estão sendo distribuídos gratuitamente, desde 14 de fevereiro, 350 mil kits para famílias receberem o sinal de TV Digital, compostos por uma antena, um conversor do sinal de TV e um controle remoto para ser utilizado em televisões mais antigas ou que não tenham receptor de sinal digital integrado.

Beneficiários de mais de 20 programas sociais do Governo Federal têm direito ao equipamento de graça. Para solicitá-lo, é necessário ligar no telefone 147 ou acessar o site da Seja Digital e informar o CPF ou Número de Identificação Social. Já no comércio, o preço do kit digital custa cerca de R$ 150. A Seja Digital também oferece o serviço de antenista de graça. Para solicitá-lo, é necessário ligar no telefone (62) 9 8320-0994.

 

Cidades que terão o sinal analógico desligado

Ao todo, são 29 municípios goianos que terão o desligamento do sinal analógico no dia 31 de maio: Goiânia, Abadia de Goiás, Abadiânia, Alexânia, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Bela Vista de Goiás, Bonfinópolis, Brazabrantes, Caldazinha, Campo Limpo de Goiás, Caturaí, Goianápolis, Goianira, Guapó, Hidrolândia, Inhumas, Itauçu, Leopoldo de Bulhões, Nerópolis, Nova Veneza, Ouro Verde de Goiás, Pirenópolis, Santa Bárbara de Goiás, Santo Antônio de Goiás, Senador Canedo, Teresópolis de Goiás e Trindade.

Publicado em NOTÍCIAS
Página 1 de 18