Nota20.05

 

O desempenho da EiTV, em termos de negócios, na NAB Show só melhora a cada edição das últimas dez em que participa. Na edição deste ano, realizada entre os dias 22 e 27 de abril, em Las Vegas, a maior feira de tecnologia para o mercado de TV no mundo decidiu atualizar a denominação do segmento que engloba: o M.E.T – Media, Entertainment and Technology.

A EiTV está entre as empresas que levaram a feira a esta transformação. Originalmente fundada para atuar em televisão, a EiTV expandiu seus negócios para outras áreas que utilizam tecnologias afins. A plataforma EiTV CLOUD e o app EiTV Play, por exemplo, que gerenciam arquivos audiovisuais na nuvem, já são conhecidos desde outras edições da NAB Show. Neste ano, com mais atualizações, esses produtos foram responsáveis pela metade dos negócios no estande da empresa.

A determinação por inovar se manteve também nos segmentos mais tradicionais da EiTV. As novas demandas que acompanham a tecnologia digital broadcast contaram com o desenvolvimento de novos produtos. O EiTV CC Box é o sistema mais simples e eficiente para as emissoras programarem a divulgação seletiva dos avisos de switch off. Ele prepara o sinal digital para servir também a transmissão analógica e insere os avisos nos horários programados ao longo de todo ano. Além da procura por parte das emissoras brasileiras, cresce o interesse em toda a América do Sul, com destaque para as emissoras peruanas, em que o switch off se aproxima e as empresas já estão se programando.

O EiTV Inspector também teve grande procura entre os visitantes. Trata-se de um sistema compacto para a gravação regulamentar da programação, que agrega ferramentas de controle de qualidade e permite completa auditoria da qualidade do sinal e respectivos serviços.

Outro equipamento que teve grande procura no estande da NAB Show 2017 foi a versão EiTV Inspector Box, criada para auditoria na ponta receptora do sinal. Ele avalia as variações geográficas da qualidade da transmissão, auxiliando o trabalho de assistência técnica. Com ele, os fabricantes de televisores podem confirmar se o defeito reclamado pelo cliente está no sinal que chega até o aparelho ou se está no aparelho.

Publicado em NOTÍCIAS

Nota19.04

 

O maior evento broadcasting do mundo é também um aval para grandes investimentos no setor. É durante a NAB Show que muitos empresários decidem sobre compra de equipamentos e serviços para seus projetos. Confirmada para a edição deste ano, que acontece entre 22 e 27 de abril, em Las Vegas, nos Estados Unidos, a EiTV busca apresentar ao mercado mundial algumas de suas soluções para transmissão digital.

Sistemas como a Plataforma de Streaming e TV Online EiTV CLOUD, integrada a aplicativos como o EiTV Play, já estão operando para clientes americanos e de outros países, a partir de negócios fechados durante edições anteriores da NAB Show. A plataforma de armazenamento e gerenciamento de arquivos audiovisuais da EiTV está ampliando as possibilidades de exibição de vídeos, a um custo “escalável”, de acordo com a necessidade de cada cliente.

Os outros produtos de destaque da EiTV nesta edição da NAB Show estão mais voltados para o mercado ISDB-T. O EiTV CCBox é uma ferramenta prática para emissoras que estão prestes a fazer o desligamento da transmissão analógica. A pequena caixa decodifica o sinal digital e insere as informações sobre o desligamento, com programação prévia dos horários de inserção, fornecendo o sinal analógico para os antigos transmissores que estão em via de serem desligados.

O EiTV Inspector agora vem em duas versões. Para emissoras, o equipamento é completo: monitora o sinal RF (Nível, CNR e BER) e analisa o Transport Stream com decodificação das tabelas e descritores do ISDB-Tb. Grava o BTS/TS por até 30 dias sem compressão e todos os serviços por três meses com compressão. Destaque para a praticidade na operação e verificação da qualidade do sinal que vai ao ar. O principal objetivo é atender as exigências legais para gravação de censura.

E finalmente a versão EiTV Inspector Box, ferramenta fundamental para fabricantes de TV e suas assistências técnicas. Ela faz pequenas gravações do sinal e realiza análises no sinal baseadas na norma TR 101 290. É possível identificar, de forma visual ou automática, erros de Sync, continuidade, repetição de tabelas ou PIDs. Tudo isso pode ser enviado diretamente para a fabricante pela internet tendo condições de analisar os problemas gerados pelos sinais inconsistentes rapidamente.

 

Sobre a participação

         A EiTV participa da NAB Show junto com outras 14 empresas brasileiras dentro do Pavilhão Brasil, espaço criado por meio da parceria entre APEX (Agência Brasileira de Promoção e Exportações e Investimentos), Eletroeletrônicos Brasil e Sindvel (Sindicato das Indústrias de Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares do Vale da Eletrônica).

O Fórum SBTVD, por sua vez, é uma das entidades apoiadoras no âmbito institucional e conta com outras dez empresas associadas confirmadas para o evento.  

Publicado em NOTÍCIAS

EiTV

 

A EiTV traz ao SET Expo 2016 sua linha completa de soluções para TV Digital, streaming e TV online, composta por enconders, datacasters, soluções de legendagem e plataformas de auditoria de TV Digital, como o EiTV Inspector, sistema de controle de qualidade para emissoras de TV.

Há décadas, a lei exige que cada emissora grave a própria programação e disponibilize o conteúdo por algum tempo, para eventual fiscalização ou solicitação judicial. Isso gera um custo sem benefício para as empresas. Com o Inspector, o sinal BTS é gravado e analisado em todos os aspectos. Isso inclui o transport stream, que decodifica tabelas do PSI/SI e exibe PDIs com seus tipos, bitrate e erros de continuidade; análise de Loudness, EPG, interatividade e Closed Caption, fazendo a contagem total de horas das legendas; e conversão no formato SRT para download. O Inspector aceita os formatos RF, ASI (188/204) ou IP.

Pela interface WEB, o sistema oferece preview do conteúdo armazenado com decodificação do Closed Caption, e fornece a opção de configurar períodos para exportação automática do BTS completo (comprimido) ou de serviços especificados, com horários pré-estabelecidos de acordo com o EPG ou de forma independente. Neste caso, a baixa resolução aumenta os períodos de gravação. 

Publicado em NOTÍCIAS