Nota31.08

 

Estimular discussões e oferecer soluções para fomentar as mudanças da indústria no Brasil rumo à convergência digital. Com essa missão, o SET Expo 2017 recebeu, entre 21 a 24 de agosto, mais de 15 mil visitantes qualificados dos diversos segmentos da cadeia de produção e distribuição de conteúdo audiovisual, de produtores independentes a grandes redes de rádio e televisão, de youtubers a grandes empresas de Internet, de pequenos provedores de serviços às grandes operadoras de Telecom.

Os visitantes conheceram equipamentos, tecnologias e serviços expostos por mais de 400 marcas participantes. A expectativa dos expositores é que o evento movimente mais de US$ 40 milhões em negócios. “Tivemos uma feira diversificada, cujo os produtos estiveram em sincronia com tudo que foi apresentado em nosso Congresso de Tecnologia”, avalia a presidente da SET, entidade organizadora do evento, Liliana Nakonechnyj.

“Mais do que isso, percebemos um otimismo muito grande entre expositores e visitantes, que têm no evento a oportunidade de estreitar relacionamentos e pensar em como investir no futuro. Para a SET, o resultado é muito positivo. A cada ano procuramos trazer uma conferência e feira melhores, com assuntos relevantes e de interesse amplo. Temos alcançado esse objetivo ao longo dos anos porque procuramos inovar sempre, sem nos acomodarmos”.

Para o vice-presidente da entidade, Cláudio Younis, o mote da edição deste ano foi a consolidação da convergência. “Observamos o aumento da presença de empresas de telecom, operadoras de TV por assinatura, produtoras grandes e independentes, do mercado publicitário e até mesmo de youtubers. Além disso, formos prestigiados por altos executivos de empresas líderes em tecnologia, como Google, Twitter, Samsung e Ericsson. O sentimento geral é de otimismo, com expectativa de uma retomada do mercado e uma perspectiva de crescimento nos negócios registrada pela pesquisa que realizamos entre os expositores”.

Já o Congresso de Tecnologia reuniu 1.400 congressistas em quatro dias de painéis, com especialistas de empresas como TV Globo, O2 Filmes, Dolby Laboratories, SBT, Record, Ericsson, Samsung e mais de 40 entidades, tais como o SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas; ABRATEL – Associação Brasileira de Rádio e Televisão; ABERT – Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão; AESP – Associação das Emissoras Rádio e Televisão do Estado de São Paulo, entre outras. O evento também recebeu o vice-ministro de Comunicações do Japão, Masahiko Tominaga, e representantes dos Estados Unidos, Europa, Ásia e América Latina.

“Este ano trabalhamos com oito temas principais como Tecnologias para TV e Rádio, Produção de Conteúdo, Inovação e Tecnologias Disruptivas, Novas Plataformas e Estruturas, entre outros. Há muito tempo não recebíamos uma audiência tão expressiva, e esse é o maior indicativo de que estamos no caminho certo. Evoluímos também nos workshops, demonstrações e masterclasses técnicas” avaliou Olímpio José Franco, superintendente da SET.

Publicado em NOTÍCIAS