Quarta, 24 Maio 2017 04:55

EiTV comemora negócios realizados na NAB Show deste ano

Escrito por Fórum SBTVD (Fonte: EiTV)

Nota20.05

 

O desempenho da EiTV, em termos de negócios, na NAB Show só melhora a cada edição das últimas dez em que participa. Na edição deste ano, realizada entre os dias 22 e 27 de abril, em Las Vegas, a maior feira de tecnologia para o mercado de TV no mundo decidiu atualizar a denominação do segmento que engloba: o M.E.T – Media, Entertainment and Technology.

A EiTV está entre as empresas que levaram a feira a esta transformação. Originalmente fundada para atuar em televisão, a EiTV expandiu seus negócios para outras áreas que utilizam tecnologias afins. A plataforma EiTV CLOUD e o app EiTV Play, por exemplo, que gerenciam arquivos audiovisuais na nuvem, já são conhecidos desde outras edições da NAB Show. Neste ano, com mais atualizações, esses produtos foram responsáveis pela metade dos negócios no estande da empresa.

A determinação por inovar se manteve também nos segmentos mais tradicionais da EiTV. As novas demandas que acompanham a tecnologia digital broadcast contaram com o desenvolvimento de novos produtos. O EiTV CC Box é o sistema mais simples e eficiente para as emissoras programarem a divulgação seletiva dos avisos de switch off. Ele prepara o sinal digital para servir também a transmissão analógica e insere os avisos nos horários programados ao longo de todo ano. Além da procura por parte das emissoras brasileiras, cresce o interesse em toda a América do Sul, com destaque para as emissoras peruanas, em que o switch off se aproxima e as empresas já estão se programando.

O EiTV Inspector também teve grande procura entre os visitantes. Trata-se de um sistema compacto para a gravação regulamentar da programação, que agrega ferramentas de controle de qualidade e permite completa auditoria da qualidade do sinal e respectivos serviços.

Outro equipamento que teve grande procura no estande da NAB Show 2017 foi a versão EiTV Inspector Box, criada para auditoria na ponta receptora do sinal. Ele avalia as variações geográficas da qualidade da transmissão, auxiliando o trabalho de assistência técnica. Com ele, os fabricantes de televisores podem confirmar se o defeito reclamado pelo cliente está no sinal que chega até o aparelho ou se está no aparelho.