Quarta, 05 Abril 2017 19:48

Nova era digital se instala nos lares da capital paulista

Escrito por Fórum SBTVD

Nota06.04

 

Cerca de 22 milhões de brasileiros que vivem em 39 cidades da grande São Paulo já têm acesso à TV digital. Desde o dia 29 de março o sinal analógico de transmissão foi desligado na capital paulista, que agora possui apenas a TV aberta e gratuita.

“O desligamento da TV analógica de São Paulo significa praticamente o sucesso de todo o Brasil, uma vez vencida a etapa de desligar uma cidade do porte e dimensão de São Paulo, com certeza é a garantia de sucesso do processo em todo o restante do país”, destacou Roberto Franco, atual presidente do Fórum SBTVD – Sistema Brasileiro de TV Digital Terrestre.

Foram mais de dez anos de estudos, testes e desenvolvimento tecnológico para chegar a estágio atual de oferecer a transmissão com a qualidade de imagem e som digitais.  Um trabalho conjunto realizado pelo Fórum SBTVD, com a participação das emissoras de radiodifusão, indústrias de software, fabricantes de equipamentos de recepção e transmissão, universidades e centros de pesquisa e do governo federal.

As vantagens do sinal digital incluem a capacidade de ser assistida em dispositivos móveis; a multiprogramação, que comporta a transmissão de diferentes programações em um mesmo canal; a interatividade entre emissoras e telespectador; guia eletrônico de programas.

 

Pesquisas

A televisão é o meio de comunicação mais popular do país, presente em 97% dos lares, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNDA) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A Pesquisa Brasileira de Mídia 2016 (PBM 2016), realizada pelo Governo federal, aponta que a TV segue como meio de comunicação predominante no País. Segundo os resultados da PMB 2016, 63% dos entrevistados buscam informações nos telejornais diários e 77% afirmam assistir à TV todos os dias da semana, com predominância de segunda à sexta-feira. A pesquisa ainda revela que o telespectador passa, em média, de 60 a 120 minutos em frente ao televisor.

 

Planejamento

A implantação da TV digital no Brasil é um processo planejado desde 2006 pelo governo federal e a iniciativa privada, que tem como principal interlocutor o Fórum SBTVD - Sistema Brasileiro de TV Digital Terrestre.

Este trabalho conjunto proporcionou a criação das normas técnicas para TV digital e a criação de mecanismos que facilitaram o processo de implantação nas cidades brasileiras, tais como o estabelecimento do Processo Produtivo Básico (PPB) que determinou que todos os televisores produzidos no país a partir de 2011 tivessem o conversor digital embutido, entre outras diversas ações.

A promoção da TV digital no Brasil e no exterior também é tema constante de discuções nas reuniões entre os membros do Fórum SBTVD e o governo federal. Por conta deste trabalho, são 17 países com o mesmo sistema de TV digital adotado no Brasil, representando novos mercados para as empresas nacionais.

 

Cronograma

No mundo, apenas 60 países já finalizaram a transição da TV analógica para digital e o Brasil é o primeiro país da América do Sul a iniciar o desligamento analógico. Rio Verde (GO) foi à primeira cidade brasileira a ter o sinal desligado, em fevereiro de 2016. 30 dias após o desligamento, uma pesquisa mostrou que 98% dos domicílios tinham capacidade de receber o sinal de TV digital. Em outubro de 2016, o sinal analógico foi desligado em Brasília e nas cidades satélites.

Após São Paulo, a próxima capital a ter o sinal analógico desligado será Goiânia e cidades do entorno, em 31 de maio de 2017. No segundo semestre, passarão pelo processo de desligamento Salvador, Fortaleza, Belo Horizonte, Recife, Sobral e Juazeiro do Norte em julho; Campinas, Franca, Ribeirão Preto, Santos e municípios da região do Vale do Paraíba terão o sinal de TV analógica desligado em setembro e, o Rio de Janeiro e Vitória em outubro.