Quinta, 26 Janeiro 2017 06:30

Telespectadores se antecipam e aderem ao sinal de TV Digital

Escrito por Fórum SBTVD (Fonte: G1 Rio Grande do Sul)

Nota26.01

 

A RBS TV, afiliada da TV Globo no Rio Grande do Sul, tem apresentado nos últimos dias diversas matérias sobre a mudança do sinal analógico para o digital, que vai atingir todos os canais abertos a partir de 2018 – no estado gaúcho, o desligamento está agendado para 31 de janeiro do próximo ano.

A pesar do tempo que resta, é importante estar atento e fazer como Rosélia Thorma, funcionária da rodoviária de Porto Alegre. Ela preferiu não esperar a data limite e resolveu adaptar a TV antiga, que hoje só recebe o sinal analógico, para o digital.

A TV é de plasma e possui tela plana, mas como foi fabricada antes de 2012, vai precisar de um conversor para sintonizar os canais digitais. Na loja em que Rosélia comprou o aparelho, os vendedores já estão acostumados a ajudar os clientes. Segundo Vinícius Zampieron, proprietário do estabelecimento, a procura aumentou nos últimos meses. “Tínhamos uma média de 300 a 400 vendas de conversores por mês. Assim que começaram as propagandas, tivemos um aumento de três vezes no número de vendas”.

Foi o que o aposentado Hélio Borges fez. Com sinal digital em sua casa na praia, decidiu comprar o conversor que faltava para mais duas TVs. “O sinal é muito bom! Quero transformar os outros televisores no mesmo sistema”.

Mas só o conversor não basta. É preciso também uma antena UHF. Aquelas antigas, que muitas pessoas já têm no telhado, não servem para receber o sinal digital. É importante saber que a antena UHF pode ser interna ou externa, com a qualidade do sinal dependendo da posição da casa em relação à retransmissora da RBS TV. As lojas costumam indicar profissionais quando a instalação precisa ser feita no telhado.

As TVs mais modernas – fabricadas depois de 2012 – já possuem conversor integrado, bastando apenas a instalação da antena. “É muito bom ter a televisão com o sinal bem nítido, melhor do que aquela imagem cheia de chuviscos e rabiscos”, comenta a aposentada, Marion Santos da Rosa Kroeff, outra moradora do Rio Grande do Sul que aderiu ao sinal digital em sua casa.