Nota31.01

 

Após reunião realizada nesta terça-feira (30), o MCTIC (Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações) oficializou que hoje (31), às 23h59, acontece o desligamento do sinal analógico de televisão aberta na região de Curitiba-PR.

Em outras cidades, o desligamento será feito de forma escalonada. Florianópolis-SC inicia o processo que segue até o dia 28 de fevereiro. Ribeirão Preto-SP e Franca-SP concluem totalmente o desligamento no dia 21 de fevereiro. Já em Porto Alegre e outros 107 municípios do Rio Grande do Sul, o desligamento analógico será finalizado no dia 14 de março.

Também foi verificado que a condição para o desligamento do sinal analógico de TV em São Luís-MA e mais dez municípios do estado já foi cumprida. Pesquisa do Ibope Inteligência constatou que 92% das residências já contam com o sinal digital. Este é um caso inédito, porque pela primeira vez uma região atinge a meta exigida 60 dias antes da data marcada – dia 28 de março.

Até lá, os beneficiários dos programas sociais do governo continuarão a receber gratuitamente os kits (conversor, antena e controle remoto).

 

Pesquisas

O Ibope Inteligência realizou pesquisa em Curitiba entre os dias 15 e 26 de janeiro de 2018. A amostra contou com 2.086 entrevistas. Na cidade, 91% dos domicílios já contam com sinal digital.

Em Florianópolis, a pesquisa foi realizada entre os dias 16 e 27 de janeiro. Foram realizadas 2.044 entrevistas. Na cidade, 89% dos domicílios já possuem sinal digital.

Em Porto Alegre, a pesquisa foi realizada entre os dias 15 e 28 de janeiro, com 2.632 entrevistas. Na cidade, 88% dos domicílios já utilizam o sinal digital.

Em Ribeirão Preto, a pesquisa do Ibope Inteligência foi realizada entre os dias 16 e 26 de janeiro. A amostra totalizou 1.894 entrevistas. No município, 89% dos domicílios já contam com sinal digital.

Em Franca, o Ibope realizou a pesquisa entre os dias 15 e 26 de janeiro. A amostra contou com totalizam 1.747 entrevistas. No município, 89% dos domicílios já utilizam sinal digital.

 

Vantagens do desligamento

A digitalização da TV aberta permite que os telespectadores assistam aos programas com maior qualidade de som e imagem.

Com o desligamento do sinal analógico, haverá a liberação da faixa de 700 MHz, atualmente ocupada por canais de TV aberta em tecnologia analógica. Essa radiofrequência será utilizada para ampliar a disponibilidade do serviço de telefonia e internet de quarta geração (4G) no Brasil.

Os beneficiários de programas sociais do Governo Federal, como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica, entre outros, têm direito a receber um kit gratuito (com antena e conversor e controle remoto). 

É necessário acessar o site www.sejadigital.com.br/home e agendar a retirada do kit. O telefone da Central de Atendimento é 147.

Published in NOTÍCIAS

Nota18.12

 

O desligamento do sinal analógico de TV já tem data marcada para acontecer em Curitiba e outros 26 municípios da região, incluindo Ponta Grossa e Guaratuba, no litoral. Será à meia-noite do dia 31 de janeiro de 2018. Juarez Quadros, presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), esteve na capital paranaense para fazer a entrega simbólica do kit gratuito de conversão para o sinal digital de TV de número 225 mil.

Os kits gratuitos estão sendo distribuídos às famílias beneficiárias de programas sociais do Governo Federal. Nos 27 municípios paranaenses que terão o sinal desligado nesta primeira fase, são 369 mil kits do tipo, dos quais 225 mil, ou 60,9% do total, já foram entregues.

Para que o sinal analógico seja desativado, é preciso que 93% de todos os domicílios da região afetada esteja recebendo o sinal digital na data prevista para o desligamento. Em Curitiba e região, a primeira verificação de campo desse dado foi antecipada — normalmente, ela ocorre faltando 60 dias para o desligamento, mas desta vez foi feita com 90 dias de antecedência.

Na verificação, foi detectado que 83% dos domicílios já estavam recebendo o sinal digital. A essa altura, com menos de 50 dias para 31 de janeiro de 2018, o prognóstico é bastante positivo, na avaliação de Quadros. “É provável que já esteja em ou tenha passado dos 90%”, disse.

O presidente da Anatel lembrou da importância de efetivamente instalar e ligar o equipamento após sua retirada. “O importante é não só receber o equipamento, mas ligá-lo. Em outros lugares onde já houve o desligamento, as pessoas recebiam o equipamento, mas retardavam a ligação”.

O alcance mínimo para viabilizar o desligamento do sinal analógico é universal, ou seja, aqueles 93% com recebimento do sinal digital não se restringe a quem recebe o kit gratuito do Governo, mas a toda a população.

Published in NOTÍCIAS